Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018 o único semanário da região
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
Por Redação 14/02/2016 - 17:23:58
 
População de Conrado e Mangueiras fecha RJ 125
Matéria publicada em 23.01.2015
 
Likes:
Shares: 0
Comentários: 0
 
  Curtidas
  Compartilhamentos
 
 

População de Mangueiras e Conrado organizam fechamento da RJ 125 | Foto: JR |

Indignados com o tipo de serviço prestado à população local pelas empresas concessionárias de serviços públicos como Light e as empresas de ônibus Linave e Útil, a população de Conrado e Mangueiras se organizaram e fecharam a RJ 125, principal ligação de Miguel Pereira e Paty do Alferes com o Rio de Janeiro.


A manifestação iniciou com a Tayana Ross, moradora de Mangueiras, no Facebook, propondo o “evento” por causa do aumento das passagens de ônibus que mais uma vez subiram sem a menor comunicação à população. Segundo Tayana “isso agrava o desemprego no Terceiro Distrito, faz com que a população venha a se isolar mais do centro econômico do município, deixando desesperançossos aqueles que estão em busca de emprego, uma vez que pouquíssimos empregadores podem arcar com o vale transporte de R$ 14,10, (R$ 7,05 para ir e R$ 7,05 para voltar do trabalho”. Rapidamente aquilo se espalhou com ratilho de pólvora e o protesto ganhou corpo e forma, e a manifestação se formou.


Para outro morador de Conrado que não quis se identificar, “a Linave alega que foi o Detro – Departamento de Transportes do Estado que estipulou o aumento, mas ela pensa que a gente é bobo, nós sabemos que foram eles que pediram o aumento, e como pode a Linave cobrar para Japeri a mesma coisa que Útil que tem ar-condicionado, poltronas individuais e é muito mais confortável?” explica o morador.


Na verdade o Detro estabelece o teto máximo que a tarifa pode ser cobrada, tanto é que a Útil faz promoções no preço das passagens para o Rio, porque ela sofre forte concorrência com o trem da Supervia, explica outro morador de Mangueiras.


Após muitas negociações, os manifestantes concordaram em liberar os carros de passeios e caminhões, uma vez que a manifestação era contra o zaumento das passagens que as empresas de ônibus Linave e Útil aplicaram nas tarifas, mas especificamente a linha Conrado – Miguel Pereira que foi para R$ 7,05; Conrado - Japeri R$ 4,70 (veja a tabela).


 


Desta forma os moradores retiveram os ônibus que subiam e desciam forçando uma negociação. Ela durou horas porque a Linave estava irredutível, não queria marcar uma data para receber uma comissão representativa e alegava que foi o Detro que tinha determinado o aumento. Mas ao final a Linave cedeu e ficou marcado para terça-feira, dia 27/01. Segundo os manifestantes, caso nessa reunião não chegue a uma redução de tarifa, os manifestantes prometeram fechar a RJ 125 novamente e dessa vez não vai passar nenhum tipo de veículo.

 
TAGs  
| Linave | aumento passagem | Conrado | Mangueiras |
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
Comente  
 
 
Notícias Relacionadas
     
LIVRO - MIGUEL PEREIRA
A verdadeira meditação é o amor!
 
 
FESTA RELIGIOSA - MIGUEL PEREIRA
Festa de N. S. da Glória, sucesso absoluto!
 
 
veja mais...
 
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
 
Jornal Regional    
Editora Panorama Real Ltda ME    
CNPJ: 21.153.071/0001-02    
     
 
 
Copyright© 2018 - Todos os Direitos Reservados | Proibida a reprodução total ou parcial do conteudo do Jornal Regional para fins comerciais Desenvolvimento: Desenvolvido por RG7 Designer