Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018 o único semanário da região
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
Por Redação 14/05/2016 - 00:33:24   |  Atualizado em 14/05/2016 - 12:44:02
 
Rodoviária fantasma: a farra continua
A resposta do secretário de Transportes
 
Likes:
Shares: 18
Comentários: 1
 
  Curtidas
  Compartilhamentos
 
 

Terminal Rodoviário Álvaro Corrêa | Foto: Redação |

O secretário de Transportes informa que somente tomará providências quando receber reclamações por escrito, na sede da Secretaria de Transportes, no segundo andar do Terminal Rodoviário Álvaro Corrêa. Nesse caso, ele “terá o maior empenho em mediar junto às empresas, bastando ser comunicado pelos interessados”.


Essa foi a síntese da resposta enviada para esta redação pela Superintendência de Comunicação Social da Prefeitura. O secretário de Transportes informa que não recebeu nenhuma reclamação dos usuários das linhas estaduais para Vassouras (Viação Progresso), Japeri (Linave) e Nova Iguaçu (Viação Útil) de que os ônibus não param dentro do Terminal Álvaro Corrêa quando estão voltando à Miguel Pereira.


Para o secretário, as reclamações recebidas pelo Jornal Regional não valem. Os “interessados” têm que se expor ao se dirigirem ao 2º piso da Rodoviária Álvaro Corrêa      - bairro Plante Café -, de segunda à sexta-feira em horário comercial e perder o dia de trabalho para poder ter o seu direito respeitado. As empresas não justificaram porque só entram na rodoviária na ida e não na volta.


Caso nenhum passageiro faça a reclamação na SMTU, os ônibus continuarão a parar nos locais onde não há ponto de ônibus, como é o caso dos que param em frente à Boate  Nefest, que fica em frente ao Terminal Rodoviário Álvaro Corrêa, ou em frente ao INSS e virem carregando malas e bagagens pelo caminho.


Realmente, os ônibus das linhas estaduais que vêm de Japeri (Linave), Nova Iguaçu (Viação Útil) e Vassouras (Viação Progresso) continuam a não parar no Terminal Rodoviário fazendo com que dezenas de passageiros façam esforços para arrastar malas vindas de Japeri, Nova e Iguaçu e Vassouras. Um dos passageiros que procuraram o Jornal, disse que na semana passada estava vindo à noite com sua mãe, já idosa, e só conseguiu com que o motorista parasse no Terminal Rodoviário depois de muito custo e muita reclamação.


Nota da Redação


A exigência do senhor secretário de Transportes é descabida, desnecessária e desrespeitosa com os passageiros que não querem se identificar. O secretário não parece ser jornalista; deveria estar acostumado com o fato de que nem todos os moradores querem ser identificados, principalmente em cidade pequena. O secretário esquece que é obrigação de todo gestor público apurar denúncias, seja por que canal for. O secretário deveria dizer que se a reclamação do passageiro for verdade, irá resolver o problema. É por atitudes como essas, que permaneceu por apenas 30 dias na Secretaria anterior.

 
TAGs  
| Rodoviária fantasma | Miguel Pereira |
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
Comente  
 
 
Notícias Relacionadas
     
LIVRO - MIGUEL PEREIRA
A verdadeira meditação é o amor!
 
 
FESTA RELIGIOSA - MIGUEL PEREIRA
Festa de N. S. da Glória, sucesso absoluto!
 
 
veja mais...
 
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
 
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui
 
 
Jornal Regional    
Editora Panorama Real Ltda ME    
CNPJ: 21.153.071/0001-02    
     
 
 
Copyright© 2018 - Todos os Direitos Reservados | Proibida a reprodução total ou parcial do conteudo do Jornal Regional para fins comerciais Desenvolvimento: Desenvolvido por RG7 Designer